Política

A política é uma forma para que os cidadãos alcancem a felicidade.
No entanto, para que esse objetivo seja alcançado,
é necessário que o governo haja com
justiça e seja democrático
e que as leis sejam obedecidas.

Aristóteles, em seu livro A Política



Plenarinho - O que é Política?
Reprodução autorizada
Não é raro ouvirmos a frase “odeio política”, mas como odiar a política se ela está presente em quase tudo o que fazemos?
Talvez você não tenha se dado conta desta presença porque costuma ouvir a palavra associada ações do Governo e, por isso, sente-se distante dela.
Mas não é bem assim.

Política: origem e significado

A palavra tem origem no grego.
Vem do termo politiké – “polis” significa cidade e “tikós” se refere àquilo que é público, ou seja, aos bens comuns dos cidadãos.
As formas pelas quais os grupos se organizam para decidirem o que vai afetar a todos é um dos principais objetos da política.
Se, na sua sala de aula, você e seus colegas discutem para decidir o próximo passeio ou qual será a brincadeira do recreio, estão fazendo política.
Se escolhem junto com a diretoria como será gasto o orçamento da escola, estão fazendo política!

Pilares da política.

Para entender melhor o conceito, é importante ter em mente que são três os grandes pilares da política:
a resolução de conflitos, a tomada de decisões e o poder.
Afinal, é preciso negociar muito para chegar a acordos que beneficiem a maioria dos cidadãos.
Bem diferente de como eram tomadas as decisões em um passado distante, quando os mais fortes estabeleciam as regras como queriam, com o uso da força bruta.
O mais forte tomava as decisões e todo o resto tinha que concordar e aceitar.
Depois, tentou-se superar os conflitos com decisões tomadas pelo grupo de forma unânime ou com a consulta aos oráculos e deuses.
Esses métodos, porém, eram pouco eficientes, já que a unanimidade é algo difícil de se obter, e os oráculos e deuses podiam ser interpretados de várias formas.
Passou-se então a se tomar decisões depois de ouvir a vontade da maioria.
Este método ficou complicado quando as sociedades ficaram grandes demais e ouvir a opinião de todos deixou de ser possível.
Assim, a sociedade passou a se organizar em grupos menores que teriam o direito de tomar decisões por todos.
Mas quem seriam os membros desses grupos?
Como eles seriam escolhidos?
Com o passar do tempo, cada sociedade foi definindo uma forma de escolher estes membros.

No Brasil

Atualmente, por aqui, é o povo que escolhe seus governantes de forma democrática, em eleições secretas.
Os eleitos representam os anseios da sociedade brasileira e o que prevalece é a vontade da maioria.
A política é dinâmica, ela muda e se moderniza de tempos em tempos.

Fontes consultadas
plenarinho.leg.br